Derrota na Primeira Guerra Mundial. Derrota na Primeira Guerra Mundial



Yüklə 0,66 Mb.
tarix01.08.2017
ölçüsü0,66 Mb.



Derrota na Primeira Guerra Mundial.

  • Derrota na Primeira Guerra Mundial.

  • Tratado de Versalhes:

  • Os alemães eram culpados pela guerra;

  • Deveriam ceder territórios e pagar indenizações aos vencedores;

  • Deveriam reduzir o exército alemão a 100mil homens;

  • A Alemanha não podia mais ter aviões e e navios de guerra de grande porte.



Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (1919).

  • Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (1919).

  • 1921: passou a ser liderado por Adolf Hitler.

  • O Partido Nazista não tinha nada de democrático, sendo autoritário e antidemocrático.



1923: o Partido Nazista tenta tomar o poder por meio de um golpe, mas foram derrotados pelo governo.

  • 1923: o Partido Nazista tenta tomar o poder por meio de um golpe, mas foram derrotados pelo governo.

  • Adolf Hitler é condenado a cinco anos de prisão, mas só fica preso por 8 meses.

  • Os nazistas apresentavam-se com a única organização capaz de impedir uma revolução socialista.



O Partido Nazista consegue apoio financeiro e importantes setores empresariais.

  • O Partido Nazista consegue apoio financeiro e importantes setores empresariais.

  • Por volta de 1925 a crise econômica aprofunda-se e o desemprego chegou a atingir 6 milhões de pessoas.

  • Nesse período o Partido Nazista teve um intenso crescimento no número de filiados, aumentando sua força política.



1932: os nazistas venceram as eleições parlamentares, mas não conquistaram a presidência.

  • 1932: os nazistas venceram as eleições parlamentares, mas não conquistaram a presidência.

  • 1933: o Partido Nazista torna-se o único partido político alemão.

  • 1934: com a morte do presidente Hindenburg, o chanceler Hitler assumiu a presidência da República, tornando-se chefe absoluto da Alemanha.



Crença na superioridade ariana: o líder nazista declarava que os judeus formavam uma raça inferior.

  • Crença na superioridade ariana: o líder nazista declarava que os judeus formavam uma raça inferior.

  • O casamento entre judeus e alemães deveria ser proibido.

  • Política do antissemitismo: os judeus foram considerado os grandes inimigos raciais dos alemães “puros”.



Os judeus foram perseguidos, tiveram suas propriedades confiscadas e seus direitos suspensos.

  • Os judeus foram perseguidos, tiveram suas propriedades confiscadas e seus direitos suspensos.

  • Pessoas com algum tipo de deficiência física ou mental foram assassinados em hospitais na Alemanha.

  • Hitler defendia a submissão do indivíduo a autoridade do Estado – Führer (chefe).

  • Redução dos direitos individuais.



Fortalecimento do Estado.

  • Fortalecimento do Estado.

  • Expansionismo: para Hitler o povo alemão tinha o direito de conquistar um espaço vital, expandido militarmente seu território.

  • Espaço vital: um povo teria o direito de se expandir, ocupando territórios e utilizando recursos naturais. Para Hitler os alemães tinham o direito de conquistar seu espaço vital, invadindo territórios vizinhos.



Sistema educacional: tinha como objetivo dar às crianças alemãs a certeza de que eram superiores aos outros povos.

  • Sistema educacional: tinha como objetivo dar às crianças alemãs a certeza de que eram superiores aos outros povos.

  • Meninos: eram submetidos a uma educação militarizada, vestiam uniformes, realizavam exercícios físicos e aprendiam a valorizar a disciplina e autoridade.

  • Treinamento rigoroso com possibilidade de ascensão.





Meninas: eram preparadas para serem boas mães, geradoras de filhos saudáveis, que estariam a serviço do nazismo.

  • Meninas: eram preparadas para serem boas mães, geradoras de filhos saudáveis, que estariam a serviço do nazismo.

  • Também realizavam treinamento físicos com o objetivo de garantir a saúde e a capacidade reprodutora.

  • Aprendiam a ler e escrever o básico.

  • Aulas de economia doméstica e sexualidade.







O governo nazista dedicou-se a reabilitação do país:

  • O governo nazista dedicou-se a reabilitação do país:

  • Estimulou a produção agrícola;

  • Procurou recuperar a economia;

  • Realizou obras de infraestrutura para facilitar a expansão agrícola e industrial;

  • Instalação de indústrias bélicas.



Ideário nazista: pensadores da época atribuíam qualidades como coragem, força ou inteligência a determinadas raças, que eram consideradas superiores às demais.

  • Ideário nazista: pensadores da época atribuíam qualidades como coragem, força ou inteligência a determinadas raças, que eram consideradas superiores às demais.

  • Essa visão racista teve grande aceitação popular, pois as massas insatisfeitas.

  • “Reconforto”, pela crença de pertencer a uma raça superior – ARIANA.

  • Racismo – Nacionalismo.



Significa ódio aos judeus.

  • Significa ódio aos judeus.

  • A riqueza acumulada por muitos judeus europeus era vista por grande parte dos alemães como a causa da própria pobreza.

  • No entanto, a crise econômica estava associada à economia capitalista.



O Holocausto foi uma prática de perseguição política, étnica, religiosa e sexual estabelecida durante os anos de

  • O Holocausto foi uma prática de perseguição política, étnica, religiosa e sexual estabelecida durante os anos de

  • governo nazista de Adolf Hitler.

  • Segundo a ideologia nazista, a Alemanha deveria superar todos os entraves que impediam a formação de uma nação composta por seres superiores.



Segundo essa mesma ideia, o povo legitimamente alemão era descendente dos arianos, um antigo povo que – segundo os etnólogos europeus do século XIX – tinham pele branca e deram origem à civilização europeia.

  • Segundo essa mesma ideia, o povo legitimamente alemão era descendente dos arianos, um antigo povo que – segundo os etnólogos europeus do século XIX – tinham pele branca e deram origem à civilização europeia.

  • Segundo o discurso nazista, os maiores culpados por impedirem esse processo de eugenia étnica eram os ciganos e – principalmente – os judeus. Com isso, Hitler passou a perseguir e forçar o isolamento em guetos do povo judeu da Alemanha.



o governo nazista criou campos de concentração onde os judeus e ciganos eram forçados a viver e trabalhar.

  • o governo nazista criou campos de concentração onde os judeus e ciganos eram forçados a viver e trabalhar.

  • Nos campos, os concentrados eram obrigados a trabalhar nas indústrias vitais para a sustentação da Alemanha na Segunda Guerra Mundial.

  • Condições insalubres, tinham péssima alimentação, sofriam torturas e eram utilizados como cobaias em experimentos científicos.



Homossexuais, opositores políticos de Hitler, doentes mentais, pacifistas e grupos religiosos, tais como as Testemunhas de Jeová, também sofreram com os horrores do Holocausto.

  • Homossexuais, opositores políticos de Hitler, doentes mentais, pacifistas e grupos religiosos, tais como as Testemunhas de Jeová, também sofreram com os horrores do Holocausto.

  • O holocausto ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial.











A propaganda nazista era conduzida pelo ministro Joseph Goebbels, que controlava as instituições educacionais e os meios de comunicação.

  • A propaganda nazista era conduzida pelo ministro Joseph Goebbels, que controlava as instituições educacionais e os meios de comunicação.

  • O objetivo do Ministério era garantir que a mensagem nazista fosse transmitida com sucesso através da arte, da música, do teatro, de filmes, livros, estações de rádio, materiais escolares e imprensa.



A propaganda nazista também preparava o povo para uma guerra, insistindo em uma perseguição, real ou imaginária.

  • A propaganda nazista também preparava o povo para uma guerra, insistindo em uma perseguição, real ou imaginária.

  • Os filmes nazistas retratavam os judeus como seres "subhumanos" que se infiltraram na sociedade ariana; em 1940, por exemplo, o filme de 1940, “O Eterno”, dirigido por Fritz Hippler, que retratava os judeus como parasitas culturais ambulantes, consumidos pelo sexo e pelo amor ao dinheiro.







Toledo, Eliete; Dreguer, Ricardo. História. Editora: Atual. São Paulo, 2009.

  • Toledo, Eliete; Dreguer, Ricardo. História. Editora: Atual. São Paulo, 2009.

  • Projeto Araribá - História. Editora: Moderna. São Paulo, 2007.

  • Campos, Flavio de; Miranda, Renan Garcia. A Escrita da História. Editora: Escala Educacional. São Paulo, 2005.

  • Cotrim, Gilberto. História global e geral. Editora: Saraiva. São Paulo, 2007.



Todas as imagens dessa apresentação estão disponíveis no site de busca Google.

  • Todas as imagens dessa apresentação estão disponíveis no site de busca Google.




Yüklə 0,66 Mb.

Dostları ilə paylaş:




Verilənlər bazası müəlliflik hüququ ilə müdafiə olunur ©www.azkurs.org 2020
rəhbərliyinə müraciət

    Ana səhifə